Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2007

Confesso

Imagem
Deus,
Tu que és Mistério
Tu que olhas e a tudo vê.
Quem de ti se esconde?
Quem pode fugir da tua presença?


Meus atos e pensamentos estão diante de Ti
E até o que de mim não sei Tu conheces muito bem
Mas o que sei quero confessar diante de Ti e dos meus irmãos

Quero confessar que não sou quem muitos pensam que sou
Não, não sou o monstro e não sou o anjo
Não tenho uma grande história e poucas coisas foram realmente como parecem

Sou apenas mais um filho que neste Brasil seu pai não o reconheceu e sua mãe não o criou porque sua família não o quis
O que isso faz de mim senão mais um
No entanto sou agraciado, pois encontrei um lar e duas mulheres que em tudo foram mães

Não sei como foi o resto
Nem sei se fogo existiu ou se tudo não representa apenas o fogo da minha alma que conheceu o inferno

Sei o que me contam
Mas quem conta a verdade?

Sei que sobrevivi
Fui menino só
Mas minha solidão foi bem aproveitada
Escrevia e imaginava

Quem acertou e quem errou?
Todos nós acertamos e erramos

Confesso que nasci pecador
Nasci…

Sem Jeito

Imagem
Algumas pessoas me criticam por ter um tom pessimista quando falo de religião e mais precisamente a de cunho evangélico pentencostal-neopentecostal, talvez por conhecê-la melhor do que as demais religiões da terra.
Muitos imaginam que penso que não há gente boa de Deus no meio dessa religião, engano de quem assim pensa. É do meio dela que vieram bons amigos. Conheço gente boa de Deus em todo canto, embora saiba que eles estão sofrendo com a corrupção de sua própria religião, talvez o que nos diferencie seja a crença na salvação deste negócio.
Ontem alguém tentou me convencer que esse tipo de religião é muito importante para certas pessoas, porque não conseguiriam ser ‘crentes’ de outra maneira. Discordo plenamente disso. Lembro-me quando ainda cursando meu curso ouvia meus professores defendo a IURD por afinal de contas ter gente sendo ‘salva’ lá dentro. Achava isso um absurdo.
O que parece que as pessoas não entendem é que por muito menos Paulo escreveu as suas cartas. Ora qual era o pr…