sábado, 22 de dezembro de 2007

Natal


Sempre gostei do Natal. Sempre me encantei com o espírito que nos cerca nesta data. E para mim isso é maravilhoso visto que em minha casa não havia celebrações de Natal conforme acontecia no meu espírito. Era apenas mais uma festa, um feriado, onde no máximo se diziam palavras de bem ao outro. Nunca sentei numa mesa para compartilhar algo sobre a Encarnação nem na minha infância e nem na igreja.

Na igreja o que eu ouvia eram sermões explicando a origem pagã do Natal e o significado diabólico de cada símbolo natalino. Mas sem saber o porquê nunca liguei para essas coisas. Para mim o Natal sempre foi mágico, não por causa do papai Noel, mas por causa da manjedoura, da estrela, do Menino.

Desta forma sempre celebrei o Natal e na minha casa celebramos, e ao contrário do que fizeram comigo, falo com minhas filhas da razão do Natal e de seu real significado. O Natal não me lembra o diabo como lembravam meus pastores.

Ora o Natal será de acordo com o que vai em nosso coração. Paulo nos ensina que todas as coisas são puras para os puros; porém para os de mente impura, tudo fica impuro.

E que ninguém pense que não sei que não foi nesta data que Cristo nasceu. Ora mas o que isso tem haver? Não me importo com datas, me importo com significados.

E o Natal para mim tem um grande significado. É uma data que compartilho com muitos que Deus estava em Cristo reconciliando-se com o mundo não lhes imputando pecado e os convido a se reconciliarem com Deus.

Na mesa natalina aproveito o momento das trocas de presente para falar da solidariedade, do compartilhar com o outro, do ato de dar sem pensar em receber e do grande presente de Deus para nós que foi Jesus Cristo nosso Senhor.
Quando as crianças falam do papai Noel, não as censuro. Aproveito e falo do bom Pai do céu. Esta é a mensagem. Como será o seu Natal é uma decisão sua. Para mim é salvação, é doação. É Deus se fazendo homem, o rico se fazendo pobre, o senhor se fazendo servo. Natal é dádiva de amor. O Natal é para todos. O Natal é Jesus.

O Natal é boas novas de grande alegria para o todo o povo.

Desejo a todos que nesta data e depois dela guardem no coração este espírito.

Um Feliz Natal!

Ivo Fernandes

Nenhum comentário:

A justificação pela fé – uma exposição no Caminho

Leitura:  Romanos capítulos 1 a 3 A doutrina da justificação pela fé é um dos principais pilares da fé cristã, em especial a prote...