Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Dias de um futuro próximo

Imagem
Sábado, 25 de julho de 2015, 6h00min da manhã, o sol tem uma luminosidade agradável, tornando a cor do mar que vai do azul ao verde. Estou a 10 passos de onde as ondas arrebentam, na casa do mestre Antônio, na praia de Morro Branco, no município de Beberibe – Ce.
Esse é o quarto dia de uma estadia maravilhosa junto as minhas razões, e é a terceira vez que fico nesse mesmo lugar. A casa é simples, mas como disse ontem milha filha Cecília, 7 anos, ela é ótima. Uma casa de pescador, pé na areia, do lado das embarcações que saem todos os dias daqui para pescar, ao pé das falésias de areias coloridas e vizinho ao já meu amigo pescador, que sempre prepara uns peixes fritos do jeito que gosto.
Durante esses dias orei e entre minhas orações ao Mar, me invadiu um propósito. Não sou um homem de muitas metas, na verdade, comparando com a forma de viver da maioria dos homens do meu tempo, sou um ponto fora da curva. Nunca quis muita coisa. Meus desejos são poucos. Minhas orações de petição sempre…

A Palavra de Deus e as palavras dos homens

Imagem
Uma das questões que sempre voltam a respeito de meus pensamentos ou do pensamento da Estação Fortaleza, é o que penso da bíblia. Porém a maioria das pessoas que questionam não sabem exatamente o que estão querendo saber por possuírem uma visão confusa e dogmática das escrituras. Por exemplo, antes de responder sobre a bíblia era necessário responder sobre revelação, (a respeito deste assunto já tenho outro texto publicado em meu blog, Revelação). Fato é que a crença reformada está alicerçada no entendimento de que a bíblia é a revelação especial de Deus, inspirada e norma suprema de fé e prática.
No entanto desde o movimento do humanismo renascentista, a escritura deixou de ser a única fonte de autoridade para a teologia e outras fontes passaram a ser abraçadas pelos teólogos. No século 20, liberais, neo-ortodoxos e pentecostais passaram a utilizar outros critérios, como a razão, a experiência e a filosofia existencialista.
O conceito reformado de revelação mostra a bíblia como expres…

Eu acredito no Amor

Imagem
Falo de amor, sexo e relações há muito tempo. O que falo é fruto de minha própria experiência somado com a escuta clinica-pastoral de muitas pessoas e do conhecimento adquirido dos estudos, sendo que nada faz em mim separação, ou seja falo do que acredito, sabendo que amanhã posso mudar de opinião, afinal meu compromisso é com a verdade para a minha alma e não com coerências com os tempos passados.
Entendo que a natureza humana é dotada de potência criativa e que o corpo humano é um corpo de desejo, e que os objetos desses desejos são frutos de formação, que é preciso levar em consideração a genética, cultura, história e ideologias. Pois sem isso o que teríamos era um corpo desejante sem objeto. Logo, não existem modelo corretos ou adequados do desejo, mas uma diversidade imensa fruto dessas características da natureza humana.
Logo quanto mais eu conheço o homem, e me conheço mas respeito as diferenças e posso eu mesmo perceber em mim coisas que não percebia antes, ou experimentar o…

Entre a cruz e o arco-íris – uma reflexão sobre Evangelho e Diversidade

Imagem
Antes de desenvolver uma reflexão sobre o assunto é importante alinharmos alguns conceitos. Entre eles o de gênero, sexo, sexualidade e religião.
Gênero é o conjunto de características sociais, culturais, políticas, psicológicas, jurídicas e econômicas atribuídas às pessoas de forma diferenciada de acordo com o sexo. Ou de outra forma as características de gênero são construções socioculturais que variam através da história e se referem aos papéis psicológicos e culturais que a sociedade atribui a cada um do que considera “masculino” ou “feminino”.
Sexo são características físicas, biológicas, anatômicas e fisiológicas dos seres humanos que os definem como macho ou fêmea. Reconhece-se a partir de dados corporais, genitais, sendo o sexo uma construção natural, com a qual se nasce.
Assim percebemos que a diferença sexual não é determinante nas diferenças sociais e sim as diferenças de gênero.
Sexualidade é o termo abstrato utilizado para se referir às capacidades associadas ao sexo, enquan…

Crônicas da Última Semana

Imagem
Era um dia de domingo Jesus viaja de Betânia a Jerusalém, uma viagem de 3 km e ao final da tarde, volta para Betânia. Sim! Por toda essa semana ele retornará a Betânia. Em Jerusalém aquela que deveria ser a cidade do Rei ele encontra a religião e a corrupção dos homens, em Betânia, pequena cidade da Judéia, sem expressão política, econômica ou cultural, ele encontra paz de espírito entre os amigos.
Em Jerusalém entra como um morador de Betânia, sentando em seu jumento. E aqueles que o saúdam como rei não sabem o que desejam.
Na segunda-feira, de Betânia Jesus volta a Jerusalém. No caminho, amaldiçoa uma figueira, bela representação daquela cidade que não produzia mais frutos e nem matava a fome dos homens. Jerusalém - figueira, teus comércios religiosos negam o amor de Deus. Não és mais uma casa de oração, e sim um covil de ladrões. Ainda há alguém para ouvir a voz de Deus nesse lugar?
Na terça-feira prediz sua execução e no monte das oliveiras fala do tempo do fim. Na quarta-feira um …

Assertividade

Imagem
“Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” Mateus 5:37
Um dos meios mais seguros de se evitar transtornos emocionais e relacionais diversos é a assertividade, ou seja, a capacidade de fazer afirmações com segurança. Não se trata de estar certo ou errado, mas de se estar seguro do que está desejando para realizar aquilo que diz.
Quando não se é assertivo, somos passivos ou agressivos ou ainda passivo-agressivo. Passivo é aquele que engole desaforo. Ele não quer desagradar o outro então foge de conflitos. E em geral para justificar-se atribui seu comportamento a educação.
O segundo tipo de comportamento é o agressivo. Esse tem necessidade de dominar. Ele menospreza e deprecia o outro. É autoritário, intolerante, dono da verdade. Geralmente para justificar-se atribui seu comportamento a sinceridade.
Já o passivo-agressivo é aquele que consegue ser agressivo sem clareza. Trata-se do irônico. Ele te agride contado uma piadinha. Ele te …

A Radicalidade do Novo Nascimento

Imagem
Leituras sugeridas: João 3 e Mateus 9
Nos últimos dias algo que não é incomum ocorreu bastante na minha vida – reação as minhas reflexões que iam de descontentamento a ódio. E é sempre interessante perceber o quanto aborrece algumas pessoas o que eu digo, principalmente por que não sou nenhum indivíduo que chama atenção para nada, muito menos para mim. Porém a questão não é o que eu digo, mas a possibilidade de alguém pensar que o seu conjunto de crenças, que ela confunde com fé, estar errado, aí na tentativa desesperada de manter o castelo ideológico, tudo será possível.
Postura como essa está em todo lugar, mas em especial na religião, desde a frase antiga que ouvia quando criança “nasci católico e vou morrer católico” até as ameaças que certos ‘evangélicos’ fazem a quem contraria suas lógicas.
No entanto analisando a reação de alguns que frequentam a estação do Caminho, percebo o quanto é difícil se libertarem dos velhos esquemas. Sim! Porque se vem até a estação é porque buscam algo…

Jesus Cristo, Deus imanente

Imagem
“...ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo” 2 Coríntios 5:16
Quem é Jesus, dentro da reflexão sobre a imanência de Deus? Ora, como bem sabemos a pergunta aqui não é pelo Jesus histórico, mas pelo Cristo da fé, pois não é o Jesus histórico que opera em nós a salvação, mesmo que ele seja o mesmo Cristo da fé, mas a Palavra encarnada e crida, ou o Evangelho, é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crer.
E quem é o Cristo senão o humano imanente no divino e o divino imanente no humano?! Se Deus é imanente a natureza, e alma humana, no Cristo tal imanência está revelada absolutamente.
Ora se afirmamos que Deus é amor, esse amor revela-se e no Cristo e temos tal revelação. O Deus eterno pode ser conhecido por meio da fé, mas é por meio de Cristo que ele é experimentado, pois no Cristo, temos o semelhante que despertará todos os nossos afetos, e assim Deus será amado Nele.
No Cristo o homem encontra o caminho para Deus…