Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Fabíola, a mulher adúltera

Imagem
Somente dois dias depois do vídeo do “caso Fabíola” viralizar na internet é que soube do que se tratava. Isso se deve a minha postura de não abrir quase nenhum vídeo que me mandam por redes sociais. Tinha visto muita piada, mas não sabia exatamente do que se tratava. Porém imaginei que se fosse verdade que houve uma traição conjugal eu não deveria republicar nada a respeito, pois se eu estivesse no lugar de um dos envolvidos eu não gostaria de ter minha vida exposta dessa maneira. Hoje, no entanto, vi numa reportagem o “caso” e fiquei feliz pela postura que assumi e triste pelo cenário construído em torno do assunto. Do que trata? De uma traição conjugal. Meu Deus! Quantos que fizeram piada, ridicularizam, apoiaram a violência, riram da desgraça, não fazem a mesma coisa, e só não tiveram o azar de serem descobertos. Tudo ridículo, da postura dos envolvidos até a de milhares de outros que por meio das redes sociais jogaram suas pedras na adúltera que estava ali exposta em praça pública…