Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Cristo nossa páscoa e esperança

Imagem
Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. Hebreus 10:23
A palavra esperança esta geralmente associada a crença na possibilidade de resultados positivos relacionados com eventos e circunstâncias da vida pessoal. Porém alguns estudiosos do comportamento político e humano, veem nela também algo perigoso, ou simplesmente arma de controle social. 
Nietzsche considerou a esperança o derradeiro mal; o pior dos males, porquanto prolongava o tormento. Espinosa considera uma paixão triste típica dos escravos que esperam recompensas pela sua boa conduta.
No filme Jogo Vorazes o Presidente Snow, líder tirando disse: “Esperança é a única coisa mais forte que o medo. Um pouco de esperança é eficaz, muita esperança é perigoso. Faíscas são boas enquanto são contidas. ” Assim a esperança era vista como arma política.
Porém, apesar destas análises, a esperança permanece o alento de milhares de homens. Na história ela moveu os homens. Por sua causa, na Páscoa, os jud…

Meu manifesto solitário

Imagem
Como homem, pecador, porém seguidor desejante do Caminho de Cristo não posso legitimar a corrupção mesmo que a encontre também em meus atos. Porém, o fim da corrupção não está na defesa do estado, nem mesmo aquele que chamamos de democrático de direito, pois o estado tem por natureza o “mundo” e assim é consequentemente corrupto. É claro que reconheço entre os modelos de estados, uns melhores que outros, mas nenhum deles carrega o espírito do Reino de Deus.
Não está no estado o poder de acabar com a injustiça ou desigualdade social, pois o mesmo se sustenta na divisão dos homens. Porém, reconheço estados melhores que outros na luta por melhoramentos sociais. O problema da corrupção e da impunidade não é um problema apenas da sociedade brasileira, mas de todas as sociedades humanas. A atitude profética, então, não é da defesa do estado, mas do fim de todo processo de corrupção. Minha confiança não está em nenhum ordenamento jurídico, mas no Evangelho que é o poder de Deus para vencer o …