Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

Como ser de Cristo sem ser do cristianismo?

Imagem
Sempre foi para mim uma dificuldade em me associar ao cristianismo, em especial a vertente evangélica. Primeiro por causa da má fama que possuíam e não queria me associar com essa fama, como hipócritas, que só pensam em dinheiro, que são arrogantes por acharem que só eles são filhos de Deus e vão ser salvos, entre outras, e em segundo por causa das minhas características pessoais, minha liberdade, espontaneidade, que sempre foram um problema por onde andei. No entanto nunca tive vergonha do Evangelho ou do Cristo, porém levou um tempo até eu conseguir separar Cristo de cristianismo e assim me livrar desse problema.
Sim! Cristianismo e Evangelho não são necessariamente a mesma coisa e muito menos dependente. É possível se converter a um sem ser converter ao outro, aliás isso é muito comum.
O Cristianismo é uma religião como qualquer outra, e, do ponto de vista do resultado histórico e existencial, o Cristianismo é tudo, menos a melhor religião.
Inegavelmente está à frente de religiões an…

Gratidão

Imagem
Ingratidão é uma característica humana infelizmente muito comum. Paulo em seus escritos confirmou isso como características dos homens maus nos últimos tempos. Eu, como quase todos já fui ingrato, e de vez em quando ainda me pego sendo, quando em minhas palavras e ações reclamo da existência como se não tivesse amigos ou quem se importasse comigo. Mas nada é mais mentiroso que isso.
Minha vida é cercada de graça, e nos últimos anos da minha vida tenho aprendido a ser grato e manifestar isso o tempo todo, e o resultado disso é cura para a alma. Os ingratos adoecem mais, ou voltam ao mal do qual foram livres, já os gratos se enchem cada vez de poder na medida que em que reconhecem os benefícios recebidos.
Agora mesmo, estou escrevendo esse texto de um lugar maravilhoso, em uma serra belíssima, e isso me foi proporcionado por amigos, gente que me ama, me respeita e me reverencia. Tratado aqui como se fosse um anjo, quando anjos são todos eles. E quando olho para trás percebo a multidão …

A história de Ananias e Safira – o que aprendemos com ela?

Imagem
Leitura: Atos 5
Faz muito tempo que não ouço falar dessa história. Eu mesmo pouco a explorei em minha carreira. Porém, essa semana nas minhas leituras devocionais ela me ressurge. Então, procurei saber a interpretação de alguns queridos sobre o texto, e esta mensagem é fruto do encontro dessas interpretações com a minha.
A história é trágica, semelhante as muitas que encontramos no AT, porém muito diferente das que encontramos no NT. Numa primeira leitura, ela rapidamente nos aponta para um juízo fulminante da parte de Deus, surgindo no leitor aquele temor diante desse Ser poderoso.
Se fuçarmos a internet veremos esse texto sendo usado pelos mercadores da fé como arma para fazer seus cientes por medo os obedecerem e comprarem seus pacotes religiosos. É o típico texto que serve para impor a doutrina da obediência ao dízimo. Porém tal interpretação fere todo o espírito do NT. E essa é a questão a se resolver: Como interpretar esse texto a luz da Graça e do Amor?
Ora, vamos por parte. O que…