Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

Admiradores e amigos

Imagem
Ontem li um texto do Caio e lembrei-me dos amigos que outrora pensei que fossem. Lembrei do dia que diante de um deles disse que havia muitos que me admiravam, mas pouquíssimos que me amavam, pois quem admira foge, abandona quando frustramos suas expectativas, quem ama não tem expectativa nenhuma em relação ao outro, apenas ama, e por isso na hora da calamidade está junto.
Lembro-me que ele me disse que fazia parte dos que me amavam, e lembrei-me de Pedro quando disse que jamais negaria. E assim foi. Este amigo deixou de ser, e não quis sofrer afrontas perto daquele que para ele agora não era nada.
Aprendi muitas coisas nesta pequena caminhada e uma delas foi não deixar-me levar pelos aplausos, elogios e louvores que nos fazem quando oferecemos algo bom, quando estamos dentro dos interesses projetados em nós. Já não acredito nos lábios que com facilidade declaram seu amor e com a mesma facilidade lhe abandona deixando-o para carregar a cruz sozinho. Aprendi a ser feliz com os poucos que…

A viagem da Consciência

Imagem
Qual seria o Projeto senão a Consciência? A história faz parte do processo da formação da Consciência. Na linguagem bíblica esse processo começa desde a Criação, passando pela Queda e ainda está em formação.

Das muitas razões que podemos relatar da encarnação, uma delas é apresentar na história o Homem Pleno, o Humano com Consciência Plena. A partir daí todos podemos seguir o processo com consciência dele.

E como entender o que significa essa Consciência? Estamos seguindo o curso que o próprio Deus iniciou para levar os homens a seres transformados no entendimento a fim de tornarem-se a imagem do Filho de Deus que é o Homem Pleno.

A Queda está no processo, e só avançamos quando entendemos a dimensão da Queda. Esse processo é marcado pela sede infinita que determina o ser humano direcionando-o ao Propósito. O ser-antes-do-processo era o Inconsciente. Foi a Queda quem deu início a viagem da Consciência.

A salvação só pode ser experimentada se a Queda também o for. Sem Queda não há conhecime…

A QUESTÃO DO PECADO

Imagem
A leitura dos capítulos iniciais de Gênesis é muito rica. Guarda segredos de nossa história, do nosso entendimento, do mundo que nos cerca e de nós mesmos. A Queda é um dos assuntos tratados e os textos nos permitem perceber algumas coisas, entre elas é que depois da transgressão de Adão nasce a consciência de si e essa consciência é de um ser separado de Deus.
Como era a consciência de Adão antes da Queda? Não sabemos. Tudo que vemos e sabemos já vemos e sabemos do lugar da queda. Mas suponho que era uma consciência que chamarei de consciência fetal. Adão sabia de si num nível semelhante ao ser ainda dependente da existência da mãe, onde tal dependência é fato, porém não é informação. É um saber sem saber.
O fato é que a raça humana deixou esse estado edênico e não dá mais para voltar para ele. O acesso a este lugar foi encerrado. Agora o éden só existe em nós, como uma nostalgia e um vazio de não o sei o quê. Esse sentir nos mostra que houve algo, mesmo que não nos diga o quê. Está …

A questão da obediência

Imagem
É sabido de muitos o valor da autoridade na educação dos filhos e até mesmo na constituição da sociedade. Toda autoridade exige implicitamente obediência, porém essa obediência sem a capacidade de avaliar a autoridade é bem pior do que a desobediência.

Quando se é criança obedecer se configura numa situação de vida e morte, e está relacionado ao caráter mágico dos sentimentos infantis, pois se acredita que a obediência gera segurança. Além disso, nossa imagem estará sendo construída a partir dessa relação, que em sua base é uma relação de recompensa.

Esse sentimento de segurança e recompensa por meio da obediência nos acompanhará por toda a vida, sendo deslocado para outros objetos depois dos pais. É esse sentimento se deslocando que faz a massa humana necessitar tanto de uma autoridade que possa ser admirada, perante a qual nos curvemos, por quem sejamos dirigidos, e talvez, até maltratados, como já apontava Freud em seu escrito “Moisés e o monoteísmo”. Quanto mais fraca for o eu mas n…