Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

A igreja de Jesus

Imagem
Leitura: Mt 18
Uma das questões que já está muito clara para qualquer mente sensata é que Jesus de Nazaré não fundou nenhuma religião. O cristianismo é produto posterior que guardou muita coisa de sua mensagem, bem como a perverteu bastante. Porém seria ingenuidade dizer que Jesus não deu inicio a nenhum movimento. Seus passos inauguraram um caminho, até hoje seguido por milhares.
Entre a religião cristã e o movimento cristão está o conceito de igreja. Ambos, a religião e o movimento, utilizam esse termo. Assim, a pergunta é: Jesus fundou uma igreja? Se sim! O que era ou como era a igreja de Jesus?
A palavra igreja é a tradução para o termo grego ‘ekklesia’ e significa assembléia. Também pode-se pensar num significado de chamados, convocados e separados. Assim podemos dizer que há dois modelos básicos de igreja. Há os chamados para fora de um sistema e os chamados para dentro.
Analisando o termo conforme aparece nos registros dos Evangelhos e conectando com o todo da mensagem de Jesus, p…

O ensino de Jesus sobre a ansiedade

Imagem
Leitura: Lucas 12:1-34
Eu nunca fui alguém que possa ter sido considerado patologicamente ansioso, mas sem dúvida fui extremamente mas ansioso que hoje, até porque minha ansiedade atual se refere apenas a necessária para a correta condição da vida.
Porém atendo muitas pessoas que sofrem de diversos tipos de ansiedade, das de origem psicológica até as de natureza orgânico-essencial. A ansiedade pode gerar neurose assim como também pode produzir uma mente paranoica, até o desenvolvimento de Síndrome do Pânico, Hipocondria, Depressão e os surtos de perseguição ou de angustia e medo de morrer.
“Jesus quase não falou de muitos temas que não saem de nossas conversas e preocupações, por exemplo, o amor entre um homem e uma mulher não tem Nele um poema, uma fala, um discurso. E acerca de sexo (outro campeão de audiência entre nós), Ele falou quando forçado pelas circunstâncias ou em razão de questões de outros. Porém, por Ele, espontaneamente, tais temas não foram propostos.”
O mesmo não se pode…

O caminho do impossível possível

Imagem
No meu último texto escrito “A decisão de ser discípulo” muitos leitores chegaram a correta conclusão da impossibilidade. Assim dando continuidade vemos no capítulo 18 de Lucas que a questão não é o da impossibilidade, mas o que faremos quando chegamos a essa conclusão. O não-discípulo vira as costas e vai embora, já o discípulo enfrenta a impossibilidade seguindo o caminho que segue abaixo:
Lucas 18
1  E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer, 2 Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava o homem. 3 Havia também, naquela mesma cidade, uma certa viúva, que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. 4 E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, 5 Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito. 6 E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. 7 E Deus não fará ju…