terça-feira, 9 de agosto de 2016

Esboço - O Evangelho em tempos de terror




1.       Os tempos de terror são sempre movidos por caos externos e internos
2.       O caos externo nos alcança independente de nossas vontades, como desastres ambientais, climáticos, guerras, crise política e econômica
a.       Evidentemente todo caos externo gera caos interno
b.      Ninguém sai ileso diante do caos externo seja ele no ambiente familiar até os ataques terroristas ocorrido em outros países
3.       Assim precisamos entender que se desejamos ser curados de nossos caos interiores, precisamos mudar as condições exteriores que os causam.
4.        E para isso precisamos nos livrar de nossos pensamentos pobres de solução de problema, tais como:
a.       Pena de morte
b.      Linchamento do bandido
c.       Ditadura
5.       E precisamos mudar a lógica dessa sociedade perversa que necessita dos desgraçados para marcar a diferença.
a.       Jesus preferiu os desgraçados, libertou o possesso para destruir a lógica do sistema cruel que mantém certas pessoas como bodes expiatórios para nossos pecados
b.      Ao libertar o possesso Jesus o fez destruindo modelos econômicos
                                                               i.      Uma sociedade que ama mais seus lucros do que pessoas
                                                             ii.      Uma sociedade que ama mais sua religião que pessoas
                                                            iii.      Uma sociedade que ama sua moral e política mais que pessoas
c.       Só podemos mudar o terror que nos assola quando nos importamos mais com pessoas do que com qualquer outra coisa

Nenhum comentário:

Ídolos – da construção à necessidade de destruí-los

O termo ídolo não é um termo usado em nossa nação comumente. Aparece mais nos discursos evangélicos numa referência a qualquer entidad...