Assertividade


“Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” Mateus 5:37

Um dos meios mais seguros de se evitar transtornos emocionais e relacionais diversos é a assertividade, ou seja, a capacidade de fazer afirmações com segurança. Não se trata de estar certo ou errado, mas de se estar seguro do que está desejando para realizar aquilo que diz.

Quando não se é assertivo, somos passivos ou agressivos ou ainda passivo-agressivo. Passivo é aquele que engole desaforo. Ele não quer desagradar o outro então foge de conflitos. E em geral para justificar-se atribui seu comportamento a educação.

O segundo tipo de comportamento é o agressivo. Esse tem necessidade de dominar. Ele menospreza e deprecia o outro. É autoritário, intolerante, dono da verdade. Geralmente para justificar-se atribui seu comportamento a sinceridade.

Já o passivo-agressivo é aquele que consegue ser agressivo sem clareza. Trata-se do irônico. Ele te agride contado uma piadinha. Ele te irrita, mas diz “só estou brincando”. Em geral é o maior chantagista emocional. Para justificar-se atribui seu comportamento ao bom humor.

Por fim, o comportamento mais adequado é o assertivo. A assertividade é ação com tranquilidade e elegância. É transparente pra falar e sabe ouvir. Sabe ouvir críticas sem partir para o ataque pessoal. Tem a postura segura e comedida. Trata as pessoas com respeito. Aceita acordos. Vai direto ao ponto sem ser áspero.

Comportamentos assertivos precisa ser desenvolvido e quanto mais assertivo você for, melhor vai lidar com os confrontos, terá menos estresse, mais confiança em você mesmo, saberá agir com mais tato, melhorará sua credibilidade, saberá lidar com as tentativas de manipulação, chantagem emocional, bajulação etc. Enfim, vai se sentir melhor e contribuir para que os outros também se sintam melhor.

Uma pessoa assertiva sabe o que quer, acredita na sua capacidade e age proativamente, assume a responsabilidade por sua própria vida.

Ivo Fernandes

7 de fevereiro de 2015

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Amizades reais em tempos virtuais

A conformidade com o mundo e a banalidade do mal

Cristo nossa páscoa e esperança